Band brilha ao mostrar o que o público quer ver da Fórmula 1

A Band fez história, neste domingo, ao confirmar que seu sangue esportivo está novamente circulando. Nova dona dos direitos de exibição da Fórmula 1, a emissora dominou a internet e o coração dos apaixonados pela principal categoria automobilística mundial ao fazer algo simples: dar atenção para o esporte. Ao entregar o merecido espaço para a F1, a Bandeirantes elimina a principal crítica antes feita à Globo e se coloca com gabarito com a nova casa dos pilotos na TV aberta.

O público que gosta da velocidade estava carente por transmissões e conteúdos especiais sobre a categoria. A grande reclamação deles era que a Globo não se aprofundava nos temas do automobilismo, muito menos mostrava por completo um famoso “fim de semana de GP”. Já no Bahrein, a Band provou que esse ponto não será mais de sofrimento.

Com o “Show de Esporte” recebendo pilotos gabaritados como Emerson Fittipaldi, Nelson Piquet, Nelsinho Piquet e Felipe Massa, além de outras explicações sobre as novidades nos carros para 2021, o esquenta começou com mais de duas horas de análise. E o público brasileiro tinha motivos para se alegrar.

Ao ter de volta um dos maiores jornalistas do tema, Reginaldo Leme, e uma equipe recheada de nomes conhecidos, a Band entregou profunda informação. Sérgio Maurício já era famoso com o público por suas participações no SporTV, e esse rosto novo do canal com velhos conhecidos ajudou (e muito) em mudar sem assustar quem assistisse.

E a emoção estava estampada na cara dos apresentadores. Elia Júnior chegou a se emocionar enquanto conversava com o tricampeão mundial Nelson Piquet. Glenda Kozlowski foi outra que assumiu estar ansiosa com o momento. No Twitter, a hashtag “F1 na Band” era um dos temas mais citados pelo país e só explicava o motivo: a Fórmula 1 colocava a Band no topo por conta do esporte.

A corrida também ajudou. Emocionante até o fim, as 56 voltas do GP somaram um aumento de cinco vezes na audiência geral dos domingos. Nos outros finais de semana, outras grandes ligas de futebol já vinham sendo transmitidas como em décadas passadas. O crescimento é visto como mais um acerto do canal que já vinha tentando recuperar seu sangue por esportes que se foi com Luciano do Valle.

Com isso, a Rede Bandeirantes brilha por fazer do mais complexo o simples: mostrar o que o público quer ver. Mariana Becker conversando como uma amiga com o campeão Lewis Hamilton. Reginaldo Leme explicando a importância da nova aerodinâmica dos carros. A Fórmula 1 não sendo um fardo, um extra, nos domingos da televisão.

Fonte: Lance

Postado em 28 de março de 2021