Primeira edição do Sertões Kitesurf terá largada em São Miguel do Gostoso

O maior rally das Américas para carros, motos, quadriciclos e UTVs ganha este ano a companhia de um desafio inédito nas águas: o Sertões Kitesurf Rio Grande do Norte, o primeiro evento de kite em formato de travessia de longa distância. A competição inédita no mundo será realizada de 8 a 14 de outubro e conta com 500 Km de percurso.

Trata-se de uma prova de resistência com cinco etapas, que levará os velejadores de São Miguel do Gostoso, no Rio Grande do Norte, até a Praia do Preá, no município de Cruz, no Ceará, vilarejo ao lado de Jericoacoara. A largada é no sábado, dia 9, saindo de Gostoso até a Praia do Minhoto, em Guamaré.

Entre os nomes confirmados estão Reno Romeu (primeiro brasileiro a ganhar um campeonato mundial e recordista do Guinness World Records com mais giros 360º consecutivos em um único salto); Bruna Kajiya (tricampeã mundial de kitesurfe); Fernando Fernandes, atleta paralímpico e desbravador dos esportes adaptados e um dos maiores kitseurfistas do mundo; Marcela Witt (campeã brasileira de strapless e competidora internacional); Guilly Brandão (três vezes campeão mundial e nove vezes brasileiro), e Kauli Seadi, referência em windsurf e kitesurf, que mora em São Miguel do Gostoso.

A prova é baseada no formato e dinâmica de um rally de velocidade. O objetivo é cumprir a maior distância no menor tempo, sempre computando o último waypoint como linha de corte para a cronometragem. O tempo de cada competidor é validado pelo GPS individual e os resultados serão apresentados ao final de cada dia. O vencedor da competição é o que tiver o menor tempo acumulado ao final dos cinco dias de prova.

O Sertões passará por destinos como São Miguel do Gostoso; Pedra Grande (Praia de Enxu Queimado); São Bento do Norte (Praia do Farol); Porto do Mangue (Dunas do Rosado); Areia Branca (Praia de Ponta do Mel); Grossos (Praia de Pernambuquinho); Icapuí (Praia da Placa); Aracati (Praia de Canoa Quebrada); Beberibe (Praia de Parajuru e Fontes); São Gonçalo do Amarante (Porto do Pecem); Paraibapa (Praia de Lagoinha); Trairi (Praia de Guajiru); Amontada (Praia de Icaraizinho); Itarema (Praia de Almofala); Acaraú (Praia de Arpoeiras); e Cruz (Praia do Preá).

  • Esse formato de competição do kitesurf tem muita sinergia com o que fazemos no Sertões. Vamos transferir a experiência adquirida na organização do maior rally das Américas para o mundo das águas. Sabemos que não vamos acertar de cara, é um grande desafio, mas reunimos um time de ponta – contou Joaquim Monteiro, CEO do Sertões.

Categorias em disputa
Elite (masculina e feminina): para os velejadores mais experientes, que enfrentarão as maiores distâncias e o trecho completo todos os dias (500 km);
Adventure: contará com um percurso mais curto (cerca de 250 km). Reúne também velejadores experientes, mas que preferem um percurso mais contemplativo.
Master: para velejadores acima dos 50 anos, que farão a mesma rota da categoria Adventure.

Postado em 4 de outubro de 2021