UFC 262: Charles do Bronx nocauteia Michael Chandler e é campeão peso-leve do UFC

Quem disse que para ser rei é preciso nascer em Londres, ter uma mãe rainha, falar inglês e se chamar Charles? Enquanto o mundo inteiro aguarda que o filho mais velho da Rainha Elizabeth, da Inglaterra, algum dia assuma a coroa do trono britânico, outro Charles, nascido no Guarujá, filho de família simples e trazido ao mundo por dona Ozana Oliveira, provou que realeza de verdade não se herda, mas se conquista.

Após quase 11 anos e 28 batalhas no octógono, Charles do Bronx tomou para si o cinturão dos pesos-leves do UFC ao derrotar o americano Michael Chandler por nocaute aos 19s do segundo round neste sábado, no UFC 262, em Houston (EUA). Se os recordes na carreira já deixavam o brasileiro na elite do MMA, o cinturão o coloca na família real do esporte no país.

  • Provei que eu posso ser o melhor da categoria. Ei Dana, aposta em mim. Você trouxe um monstro do Bellator e eu disse que ia nocautear, e nocauteei. Eu disse para você que eu era um menino no meio dos leões, mas eu agora sou um leão no meio dos leões! Favela, a gente venceu de novo! Pode chorar, mas chora de alegria, que é nosso! Pode chover pedra, irmão, porque quando a pedra voltar, irmão, vão cair todos. Estava escrito hoje, era meu dia hoje. Filha, está aqui, você pediu, estou levando! – disse Charles do Bronx após a luta.

Desolado após a derrota, Michael Chandler reconheceu a superioridade do brasileiro.

  • Acho que vimos um dos caras mais duros do mundo reagir de adversidade, Charles Oliveira é para valer. Eu vou voltar, prometo a todos vocês que eu vou disputar esse cinturão novamente, e vou conquistá-lo.

Fonte: Combate

Postado em 16 de maio de 2021